Resenha 131#: “Destrua-me” de Tahereh Mafi

Saudações Leitores!
Logo que saiu o conto Destrua-me baixei loucamente para poder ler já que, para quem viu minha resenha de Estilhaça-me (Resenha AQUI), ficou claro o quanto gostei do livro e o quanto aguardava a continuação e, claro, esse conto, uma espécie de versão 1.5, que antecede o segundo livro Liberta-me (já publicado no Brasil), fez-me vibrar de contentamento, o li assim que ficou disponível para download, mas somente agora estou conseguindo postar esta breve resenha, espero que gostem!


Destrua-me, Tahereh Mafi, Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito, 2013, 70 pág.
Traduzido por Maria Angela Amorim de Paschoal

O conto Destrua-me (Destroy me) da escritora Tahereh Mafi, deve ser lido entre os livros Estilhaça-me (Resenha AQUI) e Liberta-me ou simplesmente nem é necessário se lido, mas acredito que os leitores que acompanham ou desejam acompanhar a trilogia não vão deixar de ler. 
Parece que a atual moda é escrever contos sobre o ponto de vista de alguns personagens de trilogias e séries enquanto os leitores esperam os lançamentos subsequentes, uma espécie de prêmio para os fãs e também uma forma de amenizar a agonizante espera pela continuação dos volumes.
Tahereh Mafi escreveu esse conto sob a perspectiva de Warner, o cruel e temido vilão além de líder do Setor 45. Neste conto nos deparamos com um personagem que passamos a odiar no primeiro volume da trilogia, Estilhaça-me. Narrado em primeira pessoa, pela própria personificação do mal, passamos a ver Warner com outros olhos e percebemos os incontáveis dilemas psicológicos vividos por ele.
No primeiro volume apesar de detestável, Warner, era um vilão perfeito, mas este conto simplesmente destrói o vilão no sentido de nos fazer sentir pena dele e não de ter raiva do mesmo. Conhecemos um Warner tão perturbado quando Juliette. Warner passa de cruel a carente, fruto do abandono e descaso de seu pai. Obviamente por trás de todo vilão deve haver muitos traumas, mas trazê-los à tona num conto como esse e destruir o mistério do vilão não foi algo que apreciei.
De fato, Warner, agora para mim é digno de pena: um pobre coitado apaixonado e com uma terrível vontade de não se sentir mais sozinho e abandonado, entretanto, Mafi, continuou mostrando o lado egoísta e possessivo do vilão mais querido e odiado só que de maneira sutil.
Sinceramente, não gostei do conto achei que descaracterizou muito o vilão, mas teve um final muito "OMG" que nos dá urgência de ler Liberta-me, mas confesso que estou preocupada com o rumo que a história pode tomar, afinal, o que levou Tahereh a nos mostrar o vilão sob outra perspectiva? Aparentemente ela parece querer tornar o vilão bonzinho, isso me preocupa muito.
Vale frisar também que quem tinha lido o conto em inglês afirmou que o conto disponibilizado gratuitamente pela Novo Conceito faltam partes imprescindíveis, apesar disso, por não conhecer a versão original e não saber do que se trata, a versão disponibilizada pela Editora Novo Conceito pode ser lida e compreendida totalmente, mesmo faltando essas tais partes.

Camila Márcia
Baixar Grátis o Conto aqui.

4 comentários:

  1. Essa moda de contosé boa, mas as vezes os escritores acabam fazendo marmelada com a série. Mas até agora só li resenhas positivas desse conto, entretanto, entendo os pontos que você salientou, faz sentido.

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila.
    Eu me apaixonei por esse conto, ele salvou a série pra mim, foi ele que me
    fez dar uma nova chance a Tahereh, já que eu não tinha gostado tanto assim de Estilhaça-me.
    Adorei conhecer o outro lado de Warner, e estou super curiosa pra saber o rumo que a história tomará.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  3. Como não li o primeiro livro ainda não posso nem comentar o conto, que também não li, mas por mais que algumas pessoas e até mesmo os escritores digam queos contos não tem que ser lidos necessáriamente, acredito que sim e acredito que os contos são uma preparação do que o autor reserva no próximo volume. Talvez você pode se decepcionar com o próximo volume, mas só lendo pra saber.

    Abraços, linda.

    ResponderExcluir
  4. Hey,
    Bom eu entendo porq você acha que descaracterizou o vilão. Mas eu gostei do conto e acho que nós deu uma nova visão sabe. Uma visão dele que pode ser muito importante nos próximos livros.

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir

Muito obrigada pelo Comentário!!!!